REGIÃO CONTARÁ COM RADAR METEOROLÓGICO

Valinhos é um dos poucos da RMC a ter um plano abrangente; A ferramenta servirá na prevenção a adventos climáticos;
COTIDIANO / CIDADES/REGIÃO - Redação Portal JORNAL O Clássico / Assessoria de Imprensa Valinhos
REGIÃO CONTARÁ COM RADAR METEOROLÓGICO

A partir de agosto, Valinhos e algumas cidades da região contarão com a ajuda do radar meteorológico conhecido como Radar SOS Chuva, instalado na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A ferramenta servirá na prevenção a adventos climáticos, por meio da liberação de informações a órgãos de defesa. Em determinados casos, será possível detectar alguns eventos climáticos em até 24h.

O radar prevê chuvas, tempestades, granizo, raios e eventos, garantindo que órgãos, como a secretarias municipais, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e empresas, ajam de forma integrada na prevenção e salvamento de vidas humanas. Cada evento climático será detectado num determinado tempo, que varia até 24h.

Segundo a Defesa Civil, a ferramenta pode ainda contribuir com a agricultura local. Atualmente, os radares mais próximos de Valinhos estão em Bauru e Presidente Prudente. O desenvolvimento do radar é uma parceria entre a Unicamp e a Universidade de São Paulo (USP). O projeto foi aprovado no final do ano passado e recebeu R$ 3,5 milhões de financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).

Encontros – A Defesa Civil de Valinhos fará reunião na Santa Casa com o tema ‘Meteorologia e Eventos Adversos’. O encontro será dia 20/7, a partir das 9h30, com enfoque no Plano de Auxílio Mútuo (PAM), que envolve a iniciativa privada e Poder Público em ações conjuntas para situações de emergência e calamidade. O encontro está ligado à instalação do radar.

Este encontro é a retomada das reuniões do PAM, que hoje envolve cerca de 20 empresas, além da Prefeitura. Conforme a Defesa Civil, a parceria consiste nas empresas, independente de seu porte, colaborar com recursos (equipamentos, água e outros) em situações que colocam a vida humana em risco.

A contrapartida é ter acesso a descontos em seguros, o órgão promover palestras, cursos, Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho (SIPAT) nas dependências empresariais, e outros. Valinhos é uma das poucas cidades da Região Metropolitana de Campinas (RMC) a ter um plano abrangente desta natureza. A reunião acontece todo mês. 

Porém, antes desta reunião, no dia 18/7, às 14h, o órgão fará palestra também na Santa Casa para funcionários do local - tanto servidores da área administrativa quanto técnico da saúde. Intitulada ‘Gestão de Risco e Gerenciamento de Desastres’, o foco são situações de risco do ponto de vista de funcionamento do hospital, como remoção de pacientes em microexplosões, destelhamento do local e outros. Na prática, visa a integração da unidade com a administração pública e privada dentro do PAM.

IMAGEM ILUSTRATIVA: Divulgação/Reprodução


Banner